Stress e Esclerodermia

Será que o stress pode ser uma das causas da esclerodermia?
Será que a esclerodermia pode ser agravada pelo stress?

Há factores sociais e psicológicos que têm efeito no aparecimento de doenças do sistema imunológico, desta forma também poderá existir uma associação entre stress e esclerodermia.
Há estudos que sugerem uma ligação entre o aparecimento da esclerodermia e eventos de vida stressantes. Ou seja, em muitos casos a esclerodermia surgiu entre 6 meses a dois anos depois de um acontecimento de vida muito negativo. Por outro lado, há também vários estudos que associam o stress ao agravamento de sintomas associados com a esclerodermia. Exemplo disso é o fenómeno de Raynaud, cerca de um terço dos ataques de vasoespasmo estão associados a taquicardia e aumento do stress.
Uma vez que as pessoas com esclerodermia estão expostas a um número significativo de eventos de vida stressantes devido às implicações, sociais e psicológicas, e à imprevisibilidade da doença, é necessário considerar o stress no diagnóstico e tratamento da esclerodermia. Assim, estratégias de gestão de stress poderão ser benéficas em pessoas com esclerodermia.

Assim, o stress estará associado com o inicio, progressão e agravamento da esclerodermia.


Catarina Leite

associ

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now