Dor nas Articulações

A maioria das pessoas com esclerodermia sofrem de dores nas articulações. Há estudos que sugerem que entre 80 a 90% das pessoas com esclerodermia reportam ter dores articulares, o que tem um impacto substancial na qualidade de vida.
Hoje abordaremos algumas estratégias que poderão ser úteis para minimizar o impacto negativo deste sintoma:

- Exercício físico. Manter a flexibilidade das suas articulações é fulcral para proteger a sua actividade normal. Pode recorrer à ajuda de um fisioterapeuta para a elaboração de um programa adequado que o ajude a manter a amplitude de movimento nas articulações, desta forma evitará as contracturas articulares e melhorará a circulação.
- Banheiras de hidromassagem (com água quente) e massagem terapêutica por um profissional qualificado ajuda no relaxamento e contribui para o bem-estar.
- Natação. A natação em piscinas de água quente é extremamente benéfica para as articulações.
- Para o alívio das dores articulares o paracetamol e os anti-inflamatórios não esteróides costumam resultar (consulte o seu médico). 
- Algumas substâncias existentes nos alimentos também podem ser úteis para combater este problema:
-Gengibre _ anti-oxidante com propriedades anti-inflamatórias
-Açafrão-da-Índia _ contém substâncias com propriedades anti-inflamatórias e de alivio das dores
-Cerejas vermelhas ácidas _ alívio das dores e inflamação


Catarina Leite

associ

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now